CORUCHE E PONTE DE SOR RECEBEM CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE MONTADO

Sem comentários

O Congresso Internacional “O Montado no desenvolvimento rural do Sudoeste Peninsular” realizou-se de 21 a 22 de setembro em Ponte de Sor e Coruche, respetivamente.

No primeiro dia, a sessão de abertura no auditório do Centro de Artes e Cultura de Ponte de Sor ficou a cargo da Vereadora do Ambiente do município de Ponte de Sor, Alda Monteiro Falca.

O primeiro painel contou com a participação multidisciplinar de oradores nacionais que debateram o tema Turismo na ótica do potencial e importância do montado de sobro e cortiça para a promoção do turismo em Portugal, principalmente na região do Alentejo e Ribatejo. O segundo painel do dia, que acrescentou a temática economia ao debate, contou com oradores da Universidade de Extremadura e das empresa espanholas Advante Consulting Innovation e Gestiona Global.

No sábado, dia 21 de setembro, o Presidente do Município de Coruche, Francisco Silvestre de Oliveira, inaugurou o segundo dia do Congresso Internacional. O Observatório do Sobreiro e da Cortiça recebeu as sessões sobre arqueologia e história, inovação, história social e património cultural. Os painéis de debate contaram com diversos oradores nacionais e internacionais, incluindo académicos de várias universidade como a de Évora, Porto, Coimbra, Complutense de Madrid, Pablo de Olavide (Sevilha), Extremadura e Murcia. Das entidades que marcaram presença destacaram-se a APCOR – Associação Portuguesa da Cortiça, UNAC – União da Floresta Mediterrânica, INIAV – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinário e os municípios de Avis, Odemira, Ponte de Sor e Seixal.

Menu